quinta-feira, outubro 26, 2006

Maria Castanha

Narrador: O céu estava todo cinzento e quase não se via o sol, mas enquanto não chovia as meninas brincavam no jardim, por entre as folhas secas que caíam das árvores e voavam para longe. Era bom ir ao jardim. Uma vez apareceu no jardim uma menina diferente, não tinha as bochechas encarnadas, mas tinha uma carinha redonda, castanha, com dois grandes olhos escuros e brilhantes.

Maria Castanha: Olá, está tudo bem? Eu sou nova aqui no jardim e não tenho amigos. Vocês querem ser meus amigos?

Menina 1: Olá, como te chamas?

Menina 2: Não te conheço!

Maria Castanha: Eu sou a Maria Castanha!

Meninas: Queres vir brincar?

Maria Castanha: Quero!

Narrador: Foram brincar ao jogo do apanha, a Maria Castanha corria mais que todas.

Maria Castanha: Quem me apanha? Ninguém me apanha?

Narrador: Ela corria tanto que nem viu o carrinho do vendedor de castanhas que estava parado no jardim e foi de encontro a ele. O saco das castanhas caiu e espalharam-se todas pelo chão. A Maria Castanha também caiu. A Maria pediu desculpa ao vendedor e disse que tinha sido sem querer.

Vendedor: Oh! Já viram o que esta menina fez? E agora como vou vender as minhas castanhas? Acham que devo castigá-la?

Maria Castanha: Mas foi sem querer!

Vendedor: Está bem, mas agora tu e as tuas amigas podem vir ajudar-me a assar mais castanhas.

Narrador: E assim, o vendedor e as meninas ficaram todos amigos e quando se encontram no jardim fazem a festa da castanha.

1 comentário:

Isabel Sofia disse...

Oi Nitinha Como tas?
Olha ando à procura de uma imagem para colorir de um assador de castanhas, será que me podes ajudar? Obrigada....
O meu mail é isgd77@iol.pt ou vê no meu blog Educar Partilhando...OBRIGADA DESDE JA:::: JOKAS

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails